Roda

Pátio da Roda
Pátio da Roda

No Convento de Nossa Senhora da Esperança, à semelhança de outros conventos, existe duas rodas de madeira, também chamadas de tornos.

Em tempos idos, eram depositados nestas rodas, mantimentos, que serviam para alimentar os operários, pois os alimentos eram escassos.

No Convento da Esperança estas rodas situam-se onde antigamente funcionava a Portaria do Convento, hoje, um grande portão de ferro fundido, ladeado por um artístico gradeamento, que dá para a antiga Rua da Esperança. Presentemente, apenas uma destas rodas está em funcionamento. Está localizada debaixo de um alpendre, ao lado da Porta Regral – Porta por onde sai e entra o Andor com a Imagem do Senhor Santo Cristo, para a procissão em Sua honra.

Actual Roda ou Torno
Actual Roda ou Torno

Tem como responsável uma Irmã, (antigamente as Irmãs que tinham esta função chamavam-se Madres Rodeiras ou Porteiras do Torno), que diariamente atende todos aqueles que a ela se dirigem, para aí, em troca de um donativo, receberem uma lembrança – terços, estampas, relíquias, medidas da Imagem, medalhas ou água benta. É frequente serem deixadas na roda, cartas dirigidas ao Senhor Santo Cristo e à Madre Teresa d´Anunciada, relatando situações graves de doenças, para as quais se pede uma cura, pedidos de ajuda espiritual, pedidos de orações e comunicação de graças recebidas. É igualmente costume ser oferecido azeite e cera líquida, para iluminar os lampadários, bem como flores para enfeitar a Capela do Senhor Santo Cristo.