Reitoria do Santuário

SANTUÁRIO DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES

Reitoria

A Reitoria do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, é composta pelo Reitor e pelo Conselho Económico.

O Reitor é a autoridade superior do Santuário e o seu representante legal, sendo nomeado pelo Bispo da Diocese.

O mandato do Reitor é de 3 anos, sendo possível a sua reeleição, na forma prevista em lei.

Para ajudar na dimensão espiritual deste Santuário, o Reitor tem a apoiá-lo a Comunidade de Religiosas de Maria Imaculada, instalada no Convento da Esperança, desde 1962.

Conselho para os Assuntos Económicos

Este Conselho, para além do Reitor, é composto por três elementos nomeados pelo Senhor Bispo, com um mandato de 3 anos.

Tem como principal função ajudar o Reitor nas deliberações e decisões dentro das suas competências.

Os assuntos que ultrapassam a competência do Reitor e respectivo Conselho, são apresentados ao Bispo diocesano.

 

REITOR

CÓNEGO ADRIANO MANUEL TORRES BORGES 
IMG_2271 - Cópia
Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres - Cónego Adriano Manuel Torres Borges

Adriano Manuel Torres Borges, filho de Manuel Pimentel Borges e de Elisa Torres Pimentel, nasceu a 26 de Abril de 1974, na Ribeirinha da Ribeira Grande, ilha de S. Miguel.

Depois de frequentar o Ensino Primário na sua terra natal, ingressa no Seminário do Senhor Santo Cristo. Anos depois, segue para o Seminário de Angra do Heroísmo, ilha Terceira, sendo ordenado sacerdote em 25 de Junho de 2000 – Ano Jubilar da Igreja, por D. António de Sousa Braga.

Cargos desempenhados

- 1999 - completa os estudos Filosófico-Teológico
- 2000 - Pároco de Vila do Porto e Ouvidor Eclesiástico de Santa Maria, durante 6 anos, acumulando com as funções de professor de Educação Moral e Religiosa Católica
- Universidade dos Açores - dois anos de Profissionalização em serviço com estágio pedagógico, ficando como efetivo da Escola Básica e Integrada de Santa Maria
- 2006 - prossegue os estudos em Roma. Na Universidade Gregoriana tira um Bacharelato em Bens Culturais da Igreja e a Licenciatura em História da Igreja
- 2009 – nomeado Pároco de São Pedro de Angra do Heroísmo
- Professor do Seminário Maior
- Professor de EMRC – Educação Moral e Religiosa Católica, na Escola Tomás de Borba
- desempenha durante 3 anos a função de Director Diocesano dos Bens Culturais
- 2010 - a 6 de Outubro é nomeado pelo Senhor Bispo, D. António de Sousa Braga, Ecónomo Diocesano
- 2016 – a 25 de Julho é nomeado pelo Senhor Bispo, D. João Lavrador, Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres
- 2016 – a 9 de Outubro toma posse como Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres

 

MONSENHOR AUGUSTO MANUEL ARRUDA CABRAL

Monsenhor Augusto Cabral
Monsenhor Augusto Manuel Arruda Cabral

Filho de António Cabral Fagundo e de Helena de Amaral Arruda, Augusto Manuel Arruda Cabral, nasceu a 16 de Janeiro de 1937, na Fazenda do Nordeste, ilha de São Miguel, Açores.

Frequentou o Ensino Primário na sua terra natal – Fazenda do Nordeste, prosseguindo os estudos no Seminário de Angra (1948/1960), sendo ordenado Sacerdote no dia 5 de Junho de 1960, na Sé de Angra, pelo Sr. Bispo D. Manuel Afonso de Carvalho.

Desempenhou as seguintes funções:

- Professor do Seminário de Angra
- Director Espiritual do Seminário
- Reitor do Seminário (20 anos)
- Vigário Geral (7 anos)
- Director Nacional do Secretariado da Educação Cristã

A 21 de Outubro de 2012, Monsenhor Cónego, Dr. Augusto Manuel Arruda Cabral, é nomeado e toma posse como Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Numa linha de continuidade com o que já vinha sendo feito, tem como preocupação, entre outras, o melhoramento das instalações. Para isso, concluiu as obras de restauro da Capela do Senhor Santo Cristo, em 25 de Março de 2013.

No dia 9 de Outubro de 2016, cessou as suas funções como Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Faleceu no dia 21 de Dezembro de 2016, com 79 anos, vítima de doença prolongada.

MONSENHOR AGOSTINHO DO COUTO TAVARES

Monsenhor Agostinho do Couto Tavares
Monsenhor Agostinho do Couto Tavares

Monsenhor Agostinho nasceu a 23 de Setembro de 1930 na freguesia da Maia, ilha de S. Miguel, Açores, no seio de uma família católica que lhe incutiu os valores humanos e cristãos do amor e do respeito por Deus, pelos homens e pela natureza. Fez a escola primária na freguesia da Maia e aos 10 anos seguiu para a ilha Terceira onde frequentou o Seminário de Angra. Foi ordenado sacerdote a 5 de Abril de 1953 na Sé de Angra, pelo bispo D. Manuel Afonso de Carvalho. Ao longo da sua vida sacerdotal exerceu vários cargos:

- Prefeito no Seminário de Angra;
- Professor e prefeito no Seminário Menor (que funcionava no antigo convento do Colégio, hoje Biblioteca Pública), tendo exercido os mesmos cargos no Seminário Colégio do Senhor Santo Cristo, onde acumulou a função de Diretor Espiritual e depois Reitor, cargo que ocupava aquando da extinção do Seminário Colégio.

Paralelamente às actividades inerentes às funções no Seminário, foi um grande animador dos vários Movimentos Religiosos (Cursilhos de Cristandade, Legião de Maria, Equipas de Casais, grupos de jovens, etc.). Em 1977 deixou-se tomar pelo espírito daquilo a que o papa Paulo Paulo VI chamou de Novo Pentecostes e uma oportunidade para a Igreja, e trouxe para os Açores o Renovamento Carismático Católico de que foi o grande impulsionador e animador até 2012;

Monsenhor Agostinho de Couto Tavares exerceu durante 20 anos (1992/2012), o cargo de Reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo, tendo sido um grande embaixador deste culto que corre nas veias do povo micaelense. Para além da fé que transmitia aos peregrinos do Santuário, não se cansava de visitar as comunidades emigradas a levar-lhes o que ele chamava "o olhar do Senhor Santo Cristo cuidando daqueles que Lhe pertencem".

Homem carismático e excelente comunicador, num estilo muito próprio, transmitia grande entusiasmo às eucaristias, sempre acompanhado por uma igreja repleta de fiéis.
A sua capacidade de escutar e acolher o sofrimento humano fizeram dele um grande confessor e diretor espiritual.

Monsenhor Agostinho Tavares foi igualmente homem do desporto tendo lecionado educação física e praticado várias modalidades, entre elas o futebol e o voleibol e ainda o golfe de que foi um excelente praticante.

Faleceu na madrugada do dia 29 de Julho de 2015, na sua residência em Ponta Delgada.

 

D. AURÉLIO GRANADA ESCUDEIRO

D.Aurélio
D. Aurélio Granada Escudeiro

D. Aurélio Granada Escudeiro, nasceu no dia 29 de Maio de 1920, em Alcains, Castelo Branco. Foi nomeado Bispo de Angra, em 20 de Agosto de 1979, até 9 de Abril de 1996, data em que resignou, com 75 anos.

Para além de fervoroso devoto, foi um grande impulsionador do culto do Senhor Santo Cristo dos Milagres. É de sua iniciativa a preparação do processo de beatificação da Venerável Madre Teresa d’Anunciada.

D. Aurélio Granada Escudeiro, deixou em testamento o seu anel de Bispo ao Santuário do Senhor Santo Cristo, tendo sido entregue ao Reitor do Santuário pelo Bispo dos Açores, durante a missa campal do Domingo do Senhor.

Faleceu em Ponta Delgada, no dia 25 de Agosto de 2012, com 92 anos.