Preparação

A preparação destas grandes Festas e tudo o que a envolve, é feita com a antecedência devida, para que tudo esteja pronto, quando chegar o grande dia da procissão em honra do Senhor Santo Cristo.

Na semana da Festa, de 3ª a 5ª feira, os fiéis podem assistir ao Tríduo Preparatório, que se realiza no Santuário do Senhor Santo Cristo, presidido pelo Sr. Reitor do Santuário, Monsenhor Augusto Cabral.

Esta cerimónia é acompanhada por alegres cânticos, a que não é alheio o entusiasmo com que os seus celebrantes e o respectivo grupo coral, costumam transmitir a uma igreja replecta de fiéis.

Para além do grande cariz religioso, estas Festas caracterizam-se pela riqueza de artísticos arranjos florais, com que são ornamentados o Santuário do Senhor Santo Cristo, o Coro Baixo, a Capela do Senhor Santo Cristo e o Claustro do Convento.

São milhares as flores que, de 4ª a 6ª feira, chegam ao Convento da Esperança, vindas das mais diferentes partes da Ilha e fora dela. Desde as mais delicadas rosas, antúrios, margaridas, coroas imperiais, gladíolos, até à flor mais singela, são estas algumas das espécies que irão enfeitar o Senhor.

Durante estes três dias, um grupo de senhoras tem a seu cargo este laborioso e honroso trabalho, nele colocando a sua arte e beleza.

Esta decoração, que começou por ser simples, hoje reveste-se de um enorme esplendor artístico, admirada por todos.

Há cerca de dois ou três anos, e porque tem sido solicitada, a capa que é escolhida para sair na procissão, é apresentada à comunicação social, numa pequena cerimónia, onde estão presentes alguns membros da Irmandade e a Irmã responsável, que faz uma explicação, (para além de outras), dos elementos figurativos que a compõem, sem entrar em grandes detalhes, até porque muitas vezes as razões que estão por detrás desta oferta são de carácter pessoal e reservado, sendo apenas referido ou não, o nome de quem a oferece.

Não podemos deixar passar esta oportunidade, sem referir aquela que, durante 50 anos, teve a seu cargo a preparação destas Festas e que zelou pela Imagem do Senhor Santo Cristo, – a nossa querida Irmã Beatriz, hoje, por motivos de doença, retirada da vida activa. Chamada por Deus a assumir a responsabilidade deste grande empreendimento, a Irmã Margarida Borges, com muito trabalho, esforço, dedicação e empenhamento, tudo tem feito para que as Festas em honra do Senhor sejam dignas, não só para o povo desta ilha, mas também para todos os que, de longe, vêm “matar saudades da sua terra”, Adorar e Glorificar o Senhor Santo Cristo dos Milagres.