Governo Regional concede tolerância de ponto nas festas do Santo Cristo

Governo Regional concede tolerância de ponto nas festas do Santo Cristo

ARTIGO – AÇOREANO ORIENTAL

11 de Maio de 2022

 

Governo Regional concede tolerância de ponto nas festas do Santo Cristo

Concedida tolerância de ponto na segunda-feira, dia 23, aos serviços sediados em São Miguel, e na quinta-feira, dia 26, aos funcionários públicos de Ponta Delgada.

O Governo dos Açores vai conceder tolerância de ponto na segunda-feira, dia 23 de maio, aos serviços sediados em São Miguel, e na quinta-feira, dia 26, aos funcionários públicos de Ponta Delgada, devido às Festas do Santo Cristo, foi anunciado ontem.
No despacho publicado em Jornal Oficial, o executivo regional evoca o “profundo significado para a população da ilha de São Miguel das festividades em honra do Senhor Santo Cristo dos Milagres”, uma “tradição secular”.
Assim, o Governo Regional concede tolerância de ponto aos trabalhadores da função pública “cujos serviços se encontrem sediados na ilha de São Miguel, no dia 23 de maio de 2022”.
Os funcionários da administração pública “cujos serviços se encontrem sediados no concelho de Ponta Delgada” vão ter ainda tolerância de ponto na quinta-feira do Santo Cristo, 26 de maio.
Ontem, também foi publicado em Jornal Oficial um apoio financeiro da vice-presidência do executivo, liderada pelo centrista Artur Lima, no valor de cinco mil euros, para a organização da Grandes Festas do Divino Espírito Santo da Nova Inglaterra, nos Estados Unidos da América.
Depois de dois anos suspensas devido à pandemia de Covid-19, as Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres vão decorrer entre 20 e 28 de maio em Ponta Delgada.
Também a Câmara Municipal já havia anunciado que vai manter o apoio à organização das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres “nos exatos termos do que sucedeu em 2019, antes do início da pandemia”, e esclareceu que, “para além do apoio logístico, está previsto atribuir à Irmandade do Senhor Santo Cristo dos Milagres uma comparticipação financeira no montante de 45 mil euros”.
As festividades do Senhor Santo Cristo dos Milagres, consideradas a segunda maior manifestação religiosa do país depois das peregrinações a Fátima, levam anualmente milhares de peregrinos de todo o mundo até à ilha de São Miguel, oriundos das nove ilhas dos Açores, do continente, assim como dos Estados Unidos da América e do Canadá.
Segundo os dados históricos disponíveis, a primeira procissão em honra do Santo Cristo dos Milagres teve lugar em Ponta Delgada, em 11 de abril de 1700, ano em que a ilha de São Miguel foi abalada por fortes sismos.

Lusa/Carolina Moreira