Início

Ajude o Senhor Santo Cristo e Faça uma Doação

Acender Vela!Doação

Câmaras


CELEBRAÇÃO DO 60º ANIVERSÁRIO DO SANTUÁRIO DIOCESANO DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES

 

No dia 22 de Abril de 2019, comemoramos o 60º Aniversário da elevação da Igreja de Nossa Senhora da Esperança, a Santuário Diocesano do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Falar do culto ao Senhor Santo Cristo, é falar um pouco da história dos Açores e muito particularmente, da fé e da religiosidade do povo açoriano ao seu Senhor, pois Ele é um sinal da presença de Deus entre nós.

A invocação, o culto e a Festa em honra do Senhor Santo Cristo dos Milagres, constituem uma identidade muito própria desta comunidade açoriana, em particular da ilha de S. Miguel.

Sendo uma das marcas mais expressivas da cultura deste povo ilhéu – a sua profunda religiosidade – são inúmeras as Festas religiosas que se realizam por todo o arquipélago.

Se o culto ao Senhor Santo Cristo dos Milagres está fortemente enraizado na sociedade açoriana, em particular nesta ilha do Arcanjo e na diáspora, não é menos verdade que o culto ao Divino Espírito Santo, é, igualmente, um expoente máximo da religiosidade e constitui uma manifestação de fé, comum a toda a Região e às comunidades de emigrantes açorianos, em particular as dos Estados Unidos da América, Canadá e Brasil.

Sendo tantas as manifestações de fervor religioso em todas as ilhas, nenhuma nos sensibiliza tanto como a piedade e devoção manifestada para com a imagem do Senhor Santo Cristo, representada numa das fases mais impressionantes da Sua Paixão – “ECCE-HOMO”!.

Mas este escrito, decerto ficaria incompleto, se não referíssemos a Venerável Madre Teresa d´Anunciada – a eleita de Cristo para manifestar-nos o Seu amor!

Foi esta Serva do Senhor, que, colocando-se confiadamente nas mãos de Deus e pelo seu grande amor e devoção a Jesus Cristo, pela sua intensidade e tenacidade, viria a ser a grande impulsionadora do culto ao Senhor dos Milagres – Madre Teresa d´Anunciada, o instrumento que o Senhor utilizou para mostrar o Seu amor para com os Homens, através do mistério pascal – Paixão, Morte, Ressurreição.

Principiou esta devoção ao Senhor, no ano de 1700, quando Madre Teresa realizou a primeira procissão. Jamais o povo de S. Miguel deixou de tributar as suas homenagens, aclamando-O como seu Senhor e seu Rei, a que se juntou toda a alma açoriana.

Este amor de Madre Teresa ao Santo Cristo marcou profundamente o Povo açoriano, a tal ponto que jamais morreu ou afrouxou.

Nem o decorrer do tempo, nem as convulsões sísmicas e políticas, nem as alterações de hábitos e costumes, conseguiram destruí-lo.

Já lá vão três séculos, desaparecem as instituições e os costumes, outros se alteram, mas a procissão do Senhor Santo Cristo, com todo o seu esplendor e piedade, desafia os tempos, numa inquestionada demonstração de Vida e Fé.

Sendo o ponto para onde convergem os católicos açorianos, na busca de uma graça ou no cumprimento de uma promessa e porque esta solenidade em honra do Senhor, que ainda hoje se repete é na verdade uma festa de gratidão, a Igreja de Nossa Senhora da Esperança, em 22 de Abril de 1959, por Decreto Episcopal de D. Manuel Afonso de Carvalho, Bispo de Angra, foi elevada a Santuário Diocesano do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Assim,

Dom Manuel Afonso de Carvalho, por mercê de Deus e da Santa Sé Apos­tólica, Bispo de Angra:

(…) Para que este culto de Jesus Cristo Rei não esmoreça e a Paixão do Senhor absorva plenamente as almas, sem que surja qualquer vislumbre de prática ou ato menos conforme com o espírito e orientação da Santa Igreja, havemos por bem:

1) Declarar a Igreja do Santo Cristo dos Milagres Santuário Diocesano e confiar a sua administração a um sacerdote especialmente designado por Nós;

2) Recomendar a todos os reverendos Párocos e Sacerdotes que incutem nos fiéis o verdadeiro espírito de piedade e fervor para com o Santo Cristo, prevenindo-os dos perigos por ocasião da festa anual, a fim de que todas as suas ações sejam para a maior glória do Senhor;

3) Exortar todos os Açorianos, de qualquer categoria que sejam, a que, nas horas de tribulação como nas de bonança, invoquem, com verdadeiro es­pírito de fé, o Senhor Santo Cristo e Lhe peçam que lhes conserve a pureza do coração, a resignação nos infortúnios e, dum modo especial, a graça para levarem uma vida conforme com a vontade do mesmo Senhor, a fim de um dia O poderem aclamar no seu Reino de glória.

Dado em Angra e Paço Episcopal, aos 22 de Abril de 1959

 Este é um Culto que nos honra!

Que este Santuário seja sempre um lugar de Esperança e de Paz e que o Senhor Santo Cristo continue a ser o Caminho, a Verdade e a Vida.

A Ele, toda a Honra e toda a Glória!


Últimos Comentários

Obrigado Meu Senhor Santo Cristo Dos Milagres pela luz que destroy no meu caminho…!! Eu Vos Amo e Vos Adoro meu Senhor Santo Cristo Dos Milagres!! Amen..❤️❤️

— Lúcia Furtado

Obrigado Senhor Santo Cristo Dos Milagres Por fazeres parte da minha vida, Eu creio e vos adoro pra todo o sempre!AMEM…«3

— Vanda Camara

Senhor Santo Cristo Dos milagres peco um milagre hoje e faco promesa para uma graca alacancada. Tenho fe em voce me querido Santo Cristo. Amen

— Karen